segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Terra e Céu Unidos no Serviço - PP, 574

A lei do Céu é o amor e este se manifesta nos mínimos atos da vida. Quando nos empenhamos no serviço diário com os olhos da alma voltados para cima, podemos contemplar Jesus vindo à Terra para viver como uma pessoa simples e experimentada nos trabalhos, aprendendo o ofício de carpinteiro com seu pai terrestre, ainda que sua principal missão na Terra fosse o resgate do pecador.

Eliseu foi um grande profeta e recebeu duas vezes a porção do Espírito concedida a Elias, seu professor. Quando recebeu o chamado, apesar de pertencer a uma família rica, teve por maior glória servir a Deus e dar as costas a todas as vantagens temporais, desprezando sua herança material por uma muito mais durável. E como ele iniciou o serviço a Deus? Fazendo coisas tão simples como lavar as mãos do profeta e atender às suas necessidades básicas.

Os anjos também se alegram no serviço. Sendo cidadãos da "cidade" onde Deus habita, deixam constantemente este lugar aprazível para servirem à salvação do homem neste mundo cheio de sujeira, fedor, e maldade.

Ellen White diz que: "O cumprir todo o dever como sendo ao Senhor lança um encanto ao redor da mais humilde ocupação e liga o obreiro na Terra com os seres santos que fazem a vontade de Deus no Céu." (Patriarcas e Profetas, 574). Este é o texto musicado que publicamos hoje.

Que ao cumprir cada pequena parte das nossas atribuições, tenhamos a honra de trabalharmos em equipe com anjos santos e o próprio Deus. Cantar esta alegre melodia durante o trabalho, composta por Polyana Coutinho, vai ajudar no senso da presença dos anjos conosco e também na certeza de que Deus valoriza as mínimas coisas que fazemos com o coração cheio de louvor.

Materiais disponíveis

Melodia (33) na Playlist para ouvir online;
Download da letra cifrada e partitura em pdf;
Download da melodia em mp3.

Classificação
  • Execução de dificuldade média
  • Duração média
  • Animada e apropriada para público infantil








quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Súplica - HASD 411

Hinário Adventista do Sétimo Dia - 411
Música: George Christoph Strattner (1650-1704)
Letra: Andrew Reed (1787-1862)

A letra do hino do nosso hinário faz alusão ao Salmo 24:4-5, em que o autor, ao mesmo tempo que roga a Deus por sua necessidade de ser ensinado, guiado, pelo Senhor nos Seus caminhos, afirmando a dependência divina; afirma que o Senhor é poderoso para salvar e para manter a dignidade de seus filhos em meio às provas. Ao final, o suplicante declara a sua esperança de encontrar seu Salvador.
A melodia do hino 411 é pequena (8 compassos), mas muito bonita. A progressão harmônica é rica e sensível, lembrando o estilo barroco, ainda que o autor da melodia tenha nascido no final desse período. Emotiva, casa perfeitamente com o tema. Vale a pena estudar as vozes para cantar em harmonia.

Eis a seguir uma tradução livre da poesia, de acordo com o "Seventh-day Adventis Himnal" (Hino 482- Father, Lead Me Day by Day).

Pai, guia-me dia após dia
Sempre no Teu doce caminho
Ensina-me a ser puro e verdadeiro
Mostra-me o que devo fazer

Quando em perigo, faz-me bravo
Faz-me experimentar que Tu podes salvar
Manter-me seguro ao Teu lado
Faz-me permanecer em Teu amor

Quando tentado a fazer o que é errado
Faz-me resoluto, sábio e forte
E quando solitário, que eu permaneça erguido
Escuda-me com Tua poderosa mão

Que eu faça o bem que conheço
Que seja um filho amoroso aqui embaixo
Então enfim, que vá para casa, para Ti
Para ser este filho eternamente

Salmo 25:4-5, 89:13
João 15:10

Materiais:
HASD 411 - SOPRANO- clique aqui.
HASD 411 - ALTO- clique aqui.
HASD 411- TENOR- clique aqui.
HASD 411 - BAIXO- clique aqui.
Partitura Cifrada HASD 411 (redirecionamento)

Características:
  • Duração - Quatro estrofes de oito compassos
  • Execução de dificuldade média - apenas alguns contrapontos entre vozes. O baixo tem uma progressão bem interessante. A harmonia é rica, muitas mudanças de acordes.