segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Refrigério pela Presença do Senhor - Atos 3:19

"Young Plant" by amenic181 - FreeDigitalPhotos.net
Todo aquele que anseia pela pureza de espírito necessita da presença do Senhor. Ele nos promete estas grandes dádivas "Cristo ém nós, a esperança da glória" (Colossenses 1:27) e a paz que o mundo não pode dar (João 14:27). No entanto, a promessa é condicional: para tanto é necessário que passemos por arrependimento e conversão e muitos não compreendem a natureza dessas coisas.
  1. A dádiva é dom de Deus e nada do que o homem faça pode substituir esse dom ou comprá-lo, ou habilitar qualquer pessoa para o receber.
  2. Deus dá e também capacita. É a atuação do Espírito de Deus que nos move também ao arrependimento e à conversão. Um exemplo é a parábola das bodas em Mateus 23. O Senhor promove a festa, faz o convite e também providencia o vestido especial. Tudo vem de Deus exceto a decisão de aceitar o convite e vestir a justiça de Cristo.
  3. Deus dá, Deus capacita e Deus coloca condições. Para a festa das bodas era necessário um vestido especial; para o refrigério pela presença do Senhor é necessário arrependimento e conversão.
  4. Arrependimento genuíno compreende tristeza pelo pecado. Essa tristeza não é uma lamentação pelo sofrimento, ou temor pela conseqüência de maus atos, ou desabafo de uma consciência pesada assim como Judas fez. Para ter arrependimento genuíno é necessário compreender o que é pecado, ou seja, compreender a santidade e a justiça da lei de Deus. É necessário admitir que viver fora da lei da liberdade e do amor é o mesmo que escolher a injustiça e a morte. Foi para ratificar a natureza imutável desta lei, e ao mesmo tempo dar uma segunda chance ao pecador, que Cristo deu a Sua vida.
  5. Conversão é afastamento do pecado, mudança de direção e de coração. Foi o que aconteceu com Paulo que aprendeu a diferença entre uma fé viva e um formalismo morto; entendeu que a fé de Jesus e a guarda dos mandamentos são coisas complementares e inseparáveis (Apocalipse 14:12). O abandono do pecado é consequência certa de quem faz uso da graça de Cristo e quer fazer a Sua vontade.
  6. O resultado da purificação do templo da alma (ver 1 Coríntios 6:19 e Hebreus 9:14) é o refrigério, é a bendita chuva serôdia que encherá a Terra com a presença de Deus pela atuação de suas testemunhas fiéis.
Que Deus nos dê o arrependimento, a conversão e a Sua presença,
Que nós aceitemos suas dádivas e vivamos à altura de tão grande benignidade.

Materiais disponíveis
Classificação
  • Execução Fácil
  • Duração curta

Nenhum comentário:

Postar um comentário