quinta-feira, 2 de abril de 2020

Condenação do Pecado - Romanos 8:3

"Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne" (Romanos 8:3)

Paulo aprendeu que não havia na lei poder para perdoar ao transgressor. “Nenhuma carne será justificada diante dEle pelas obras da lei.” Romanos 3:20. “Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o Seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.” Romanos 8:3-4.

O Senhor viu nosso estado caído; viu nossa necessidade de graça, e visto como amava nossa alma, deu-nos graça e paz. Graça quer dizer favor concedido a alguém que o não merece, alguém que está perdido. O fato de sermos pecadores, em vez de excluir-nos da misericórdia e amor de Deus, torna o exercício de Seu amor para conosco uma positiva necessidade, a fim de que possamos ser salvos. Diz Cristo: “Não Me escolhestes vós a Mim, mas Eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça.” João 15:16. (EGW - Mensagens Escolhidas vol. 1, 347)
Materiais:
Classificação/Informação:
  • Duração curta
  • Execução difícil
  • Música: Gabi Josias Carnassale. Piano e arranjo: Rafael Lindemute Vozes: Gabi Josias Carnassale e Mariana Carnassale.

sábado, 21 de março de 2020

Este é o Amor - 2 João 1:6

Photo by Álvaro Montanha on Unsplash
"E o amor é este: que andemos segundo os seus mandamentos. Este é o mandamento, como já desde o princípio ouvistes, que andeis nele" (2 João 1:6)

Os primeiros quatro dos dez mandamentos resumem-se num grande preceito: “Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração.” Os últimos seis estão incluídos no outro: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Mateus 12:31. Ambos estes mandamentos são uma expressão do princípio do amor. Não se pode guardar o primeiro e violar o segundo, nem se pode observar o segundo enquanto se transgride o primeiro. Quando Deus ocupa o lugar que Lhe é devido no trono do coração, será dado ao próximo o lugar que lhe pertence. Amá-lo-emos como a nós mesmos. E só quando amamos a Deus de maneira suprema, é possível amar o nosso semelhante com imparcialidade.

E uma vez que todos os mandamentos se resumem no amor a Deus e ao homem, segue-se que nenhum preceito pode ser violado sem se transgredir este princípio. Assim ensinou Cristo a Seus ouvintes que a lei divina não se constitui de muitos preceitos separados, alguns dos quais são de grande importância ao passo que outros são menos importantes, podendo ser impunemente passados por alto. Nosso Senhor apresenta os primeiros quatro e os últimos seis mandamentos como um todo divino, e ensina que o amor a Deus se revelará pela obediência a todos os Seus mandamentos. (EGW - O Desejado de Todas as Nações, 427)

Materiais:
Classificação/Informação:
  • Verso bíblico musicado. Música: Luciana De Lazzari e Marcos De Lazzari. Piano: Marcos De Lazzari. Vozes: Daiane Reis, João Marcos De Lazzari, Luciana De Lazzari, Marcos De Lazzari e Ruth Rherev. Disponível tb em playback e partitura no familiarizando.org. Parte integrante do Lições da Bíblia para Criancinhas.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Ouçam-nos - Lucas 16:29,31

Photo by kyle smith on Unsplash
(...) Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos. (...) Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite. (Lucas 16:29,31)

Em Seus ensinos, enquanto Se achava pessoalmente entre os homens, Jesus encaminhava a mente do povo para o Antigo Testamento. Disse Ele aos judeus: “Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de Mim testificam”. João 5:39. Nesse tempo os livros do Antigo Testamento eram a única parte da Bíblia que existia. Outra vez declarou o Filho de Deus: “Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos.” E acrescentou: “Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite”. Lucas 16:29, 31. (EGW - Patriarcas e Profetas, 263)

Começando com Moisés, o próprio Alfa da história bíblica, Cristo expôs em todas as Escrituras as coisas que Lhe diziam respeito. Houvesse primeiro Se manifestado a eles [os discípulos na estrada de Emaús], e seu coração teria ficado satisfeito. Na plenitude de seu regozijo não teriam ambicionado nada mais. Mas era-lhes necessário compreender os testemunhos dados a respeito dEle pelos símbolos e profecias do Antigo Testamento. Sobre estes devia estabelecer-se sua fé. Cristo não operou nenhum milagre para os convencer, mas foi Seu primeiro trabalho o explicar-lhes as Escrituras. Haviam considerado Sua morte a ruína de todas as suas esperanças. Agora Ele lhes mostrou pelos profetas que ali se achava a mais vigorosa prova de sua fé. (...) mostrou Jesus a importância do Antigo Testamento como testemunha de Sua missão. Muitos professos cristãos desprezam hoje aquela porção das Escrituras, pretendendo não ter mais utilidade. Não é isto, porém, ensino de Cristo.  (EGW - O Desejado de Todas as Nações, 563)

Os que desejavam um sinal da parte de Jesus estavam com o coração tão endurecido na incredulidade que não Lhe discerniam no caráter a semelhança de Deus. Não viam que Sua missão se achava em harmonia com as Escrituras. Na parábola do rico e Lázaro, Jesus disse aos fariseus: “Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite”. Lucas 16:31. Nenhum sinal dado no céu ou na terra os beneficiaria. ( EGW - O Desejado de Todas as Nações, 285)

Materiais:
Classificação/Informação:
  • Duração Curta
  • Composição e arranjo: Gabi Josias Carnassale. Vozes: Ana Beatriz de Paula Moraes, Davi de Paula Moraes, Gabi Josias Carnassale.

sábado, 14 de dezembro de 2019

Não Temas - Josué 1:9

Photo by Jakob Owens on Unsplash
"Não tenho eu te ordenado? Sê forte e de boa coragem; não temas, tampouco fique desanimado, pois o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que fores." (Josué 1:9)
Alguns olham sempre ao lado objetável e desanimador, e portanto, deles se apodera o desânimo. Esquecem que o universo celeste espera por torná-los instrumentos de bênção para o mundo; e que o Senhor Jesus é um tesouro inesgotável, do qual as criaturas humanas podem tirar força e coragem. Não há necessidade de desânimo e apreensão. Nunca virá o tempo em que a sombra de Satanás não se atravesse em nosso caminho. Assim procura o inimigo ocultar a luz que irradia do Sol da Justiça. Nossa fé, porém, deve penetrar essa sombra.

Esperança e coragem são essenciais ao perfeito serviço para Deus. Esses são frutos da fé. O desânimo é pecaminoso e irrazoável. Deus está em condições e disposto a outorgar a Seus servos “mais abundantemente” a força de que necessitam para a tentação e prova. ...

Para o desalentado há um seguro remédio — fé, oração e trabalho. Fé e atividade proverão segurança e satisfação que hão de aumentar dia após dia.

Cristo não falhou, nem Lhe faleceu o ânimo, e Seus seguidores têm de manifestar uma fé de natureza assim resistente. ... Não devem desesperar de coisa alguma, mas esperar tudo. Com a áurea cadeia de Seu incomparável amor, tem-nos Cristo ligado ao trono de Deus. (EGW - Fé pela Qual eu Vivo, 152-153)

Materiais:

Classificação/Informação:
  • Duração Curta
  • Verso bíblico musicado. Composição: Daniel Azevedo. Arranjo e piano: Marcos De Lazzari. Vozes: Daiane Reis, João Kuntze, Pollyana Sampaio e Vivian Kuntze. Disponível tb em playback e partitura no familiarizando.org. Parte integrante do Lições da Bíblia para Criancinhas.


domingo, 1 de dezembro de 2019

Descendência Bendita - Gênesis 22:18

Photo by Taylor Harding on Unsplash
"E em tua descendência serão benditas todas as nações da terra; porquanto obedeceste à minha voz." (Gênesis 22-18)

“Tendo Abraão erguido os olhos, viu atrás de si um carneiro preso pelos chifres entre os arbustos; tomou Abraão o carneiro e o ofereceu em holocausto, em lugar de seu filho.”

Abraão tinha agora suportado completa e nobremente a prova, e pela sua fidelidade redimido sua falta de perfeita confiança em Deus, a qual o levara a tomar Hagar por esposa. Depois dessa exibição da fé e confiança de Abraão, Deus renovou-lhe a promessa. “Então do Céu bradou pela segunda vez o Anjo do Senhor a Abraão, e disse: Jurei por Mim mesmo, diz o Senhor, porquanto fizeste isso, e não Me negaste o teu único filho, que deveras te abençoarei e certamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus e como a areia da praia do mar; a tua descendência possuirá a cidade dos seus inimigos, nela serão benditas todas as nações da Terra: porquanto obedeceste à Minha voz.” (EGW - História da Redenção, 83)

Materiais:
  1. Melodia (75) na Playlist para ouvir online;
  2. Download da Partitura
  3. Download da melodia cantada em mp3;

Classificação/Informação:
  • Duração Curta
  • Violão e Voz: Gabi Josias Carnassale


segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Destruição dos Perversos - Salmo 145:20

Photo by Yaoqi LAI on Unsplash
"O Senhor preserva todos aqueles que os que o amam; mas todos os perversos Ele destruirá." (Salmo 145:20)

Na desvairada contenda de suas próprias e violentas paixões, e pelo derramamento terrível da ira de Deus sem mistura, sucumbem os ímpios habitantes da Terra — sacerdotes, governadores e povo, ricos e pobres, elevados e baixos. “E serão os mortos do Senhor, naquele dia, desde uma extremidade da Terra até à outra extremidade da Terra; não serão pranteados nem recolhidos, nem sepultados.” Jeremias 25:33.

Por ocasião da vinda de Cristo os ímpios são eliminados da face de toda a Terra: consumidos pelo espírito de Sua boca, e destruídos pelo resplendor de Sua glória. Cristo leva o Seu povo para a cidade de Deus, e a Terra é esvaziada de seus moradores. — O Grande Conflito, 657.

Para o pecado, onde quer que se encontre, “nosso Deus é um fogo consumidor”. O Espírito de Deus consumirá pecado em todos quantos se submeterem a Seu poder. Se os homens, porém, se apegarem ao pecado, ficarão com ele identificados. Então a glória de Deus, que destrói o pecado, tem que destruí-los. (EGW - Eventos Finais, 278-279)

Materiais:

Classificação/Informação:
  • Duração Curta
  • Verso bíblico musicado. Música: João Kuntze. Piano: Marcos De Lazzari. Vozes: João Kuntze, Pollyana Sampaio e Vivian Kuntze. Disponível tb em playback e partitura no familiarizando.org. Parte integrante do Lições da Bíblia para Criancinhas.

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Melhor Confiar - Salmo 118:8

Photo by Aaron Kato on Unsplash
É melhor confiar no Senhor do que por a confiança no homem. (Salmo 118:8)

“Cristo é a cabeça de todo varão”. 1 Coríntios 11:3. Deus, que pôs todas as coisas sob os pés do Salvador, “sobre todas as coisas O constituiu como cabeça da igreja, que é o Seu corpo, a plenitude dAquele que cumpre tudo em todos”. Efésios 1:22, 23. A igreja é edificada tendo Cristo como seu fundamento; deve obedecer a Cristo como sua cabeça. Não tem de confiar em homem, ou ser por homem controlada. Muitos pretendem que uma posição de confiança na igreja lhes dá autoridade para ditar o que outros hão de crer e fazer. Essa pretensão não é sancionada por Deus. O Salvador declara: “Todos vós sois irmãos.” Todos estão expostos à tentação e sujeitos ao erro. Em nenhum ser finito podemos confiar quanto à direção. A Rocha da fé é a presença viva de Cristo na igreja. Nela pode confiar o mais débil, e os que mais fortes se julgam se demonstrarão os mais fracos, a não ser que façam de Cristo Sua eficiência. “Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço”. Jeremias 17:5. O Senhor “é a Rocha, cuja obra é perfeita”. Deuteronômio 32:4. “Bem-aventurados todos aqueles que nEle confiam”. Salmos 2:12. (EGW - Desejado de Todas as Nações, 414)

Materiais:
Classificação/Informação:
  • Duração Curta
  • Verso bíblico musicado. Música: Gabriela Carnassale. Piano: Marcos De Lazzari. Vozes: João Kuntze, Pollyana Sampaio e Vivian Kuntze. Disponível tb em playback e partitura no familiarizando.org. Parte integrante do Lições da Bíblia para Criancinhas.